Seu José Da Sapataria

Calma seu José, o amor não é tão ruim assim
Ou pelo menos não era para ser
Às vezes acontece isso
Às vezes a gente tem que sofrer
Para aprender
E quem sabe em outra vida
Se ela existir
Fazer as escolhas certas
Para que a vida seja menos incerta

Mas se você se abrir
E deixar o amor entrar
Sem nenhuma barreira
Sem sentimentos ruins do passado
Tudo vai se aflorar
E só luz vai se espalhar

Mas se mais uma vez não der certo
Fica triste não
Amores vem e vão
Nosso coração é levado
Às vezes é espedaçado
Às vezes é massacrado
Mas também é restaurado
O Vazio é preenchido
E pra você, pode até não fazer sentido

Mas o amor passa
O amor é a ruína
O amor é vida
O amor te dá
O amor te tira
O amor é assim, meio maluco
O amor é belo
O amor é tudo